O que fazer em Los Angeles e arredores

É tanta atração para a garotada que é preciso estar bem preparado para se divertir pra valer!

Aqui, a quantidade de coisas para serem feitas é enorme! É possível alugar bikes e patins, fazer piquenique em parques arborizados, curtir vários parques de diversão e muito mais! Vem comigo que tenho mil dicas incríveis de diversão em Los Angeles e arredores!

Los Angeles é uma cidade que respira diversão e entretenimento! Por lá, o tédio passa longe tanto para as crianças quanto para os papais. Porém, é preciso ir com seu roteiro bem programado para não se perder diante de tantas atrações. Como a cidade é grande, vou separar as atividades que fizemos por bairros e praias para facilitar. Vamos nessa que a lista é longa!

O que fazer em Downtown California

Walt Disney Concert HallSó o nome já chama a atenção e tem uma arquitetura belíssima do canadense Frank Gehry. É uma forma de incentivar aquelas crianças que gostam de tocar instrumentos musicais. As curvas e formas nos deixaram de boca aberta. Não conseguimos assistir a nenhum espetáculo, mas vale a pena caso esteja passando algum em cartaz.

Stamples CenterNa sua estadia pela cidade, vale conferir qual show ou esporte está passando nesse ginásio multiuso, pois é um programa típico que Americano faz com família. É a caso do Los Angeles Lakers, onde acontece o futebol.

O que fazer em Beverly Hills e Midcity

Em Midcity é onde tem os museus mais fantásticos da cidade. Todos sabemos que não é o programa que criança mais curte mais, porém há algumas opções que são imperdíveis, como:

LACMAÉ o maior museu da costa Oeste, com seus 7 edifícios. É bem bacana para as kids, já que tem uma área externa extensa com vários esculturas e espaços que os pequenos se soltam por ali. Os meninos adoraram ver os macarrões pendurados e as esculturas de Rodin.

La Brea Tar Pits and Page MuseumA história do Museu se baseia no poço do Piche, que fez com que alguns animais fossem se banhar nos lagos e ficaram presos ali. Tem também várias plantas da época da era do gelo. Fica ao lado do museu acima, e é imperdível para as Kids. No Page Museum ficam os fósseis, que impressionam muito, principalmente a dos mamíferos gigantes. A parede com várias cabeças de lobo também é assustadora. Já visitei vários museus de história natural, e esse é impressionante pela riqueza de informações de um modo fácil e lúdico.

Perto de midcity, no Exposition Park fica o National History Museum, museu que retrata através de objetos, desenhos e vídeos toda a história natural do planeta. Várias áreas interativas, instrutivas e o museu é muito bem cuidado. Tem fósseis de animais pré-históricos. Programe-se para passar um tempo maior, porque achei que fosse ficar umas 2 horas e o tempo passou e nem sentimos. Independente do perfil de viajante, é garantia de diversão na certa!

Califórnia Science Center: Lá também se encontra o Califórnia Science Center, que oferece um ambiente bem educacional que as crianças adoram: além de ar e espaço, fala do mundo e de seus ecossistemas. As exposições são bem interativas e encorajaram os meninos a interagirem. Eles adoraram ver as naves originais, os estudos sobre espaço e a terra. Esse passeio intercala ciência e diversão e pode ser feito junto com o museu de  história Natural.

O que fazer em Miracle Mile

Zimmer’ s Children MuseumMuseu incrível, onde existem várias exposições baseadas em descobertas, além de programas e projetos de música, educação, idiomas etc. É um lugar que estimula o desenvolvimento da criança em vários aspectos. A maioria das atividades são interativas, e também tem espaço para brincar, além de várias atividades artísticas. Os meninos amaram o avião que tem logo na entrada e onde eles puderam fingir que são pilotos. Perfeito para crianças até uns 6 anos.

Van NuysPrepare-se se para suar, já que é um espaço de trampolins e pulas-pulas para as crianças se exercitarem. Adultos muitas vezes também entram no clima. Tem um espaço reservado para festas também, mas que não atrapalha. Ou seja, é diversão para todas as idades (e cansaço na certa!).

Beverly Drive: Aqui é muito glamour. A diversão é sair de carro e tirar algumas horas para ver as mansões magníficas do bairro, uma ao lado da outra, igualzinha aos filmes. A rua é rodeada de altíssimas palmeiras, que são proporcionais ao tamanho da riqueza e da beleza das casas. Nessa rua e nos seus arredores, pode ser feito um tour pela casa dos artistas. Ele pode ser privado nas vans que saem de Beverly Hills, ou você mesmo pode ir cassando as mansões mais famosas nos endereços abaixo:

    1. Michael Jackson– 100 N. Carolwood Drive
    1. Paris Hilton – 3340 Clerendon Rd, Beverly Hills
    1. Charlie Chaplin –1085 Summit Dr
    1. Walt Disney –355 N Carolwood Dr
    1. Jennifer Aniston –1026 Ridgedale Dr
    1. Tom Cruise –1111 Calle Vista Dr
    1. Nicolas Cage –363 Copa de Oro Road
  1. George Clooney – 8748 Lookout Mountain Ave

Rodeo Drive: É uma das ruas mais “Hi-Level” que conheço. Mesmo de carteira vazia e sem gastar, você logo se imagina passeando no melhor estilo Pretty womanAqui, encontram-se vários hotéis, restaurantes, e as grifes mais chiques do mundo todo. Por causa disso, ela é muito visitada, mas sem chegar nem perto do tumulto da Quinta Avenida em NY, até porque ela não é enorme. Vai da Wilshire Boulevard até a Santa Monica Boulevard. A chance de encontrar seu artista preferido por lá é grande!

Hollywood: Ir a Los Angeles e não visitar esse bairro é como ir a Roma e não conhecer o Vaticano! É um dos lugares mais turísticos de Los Angeles. A famosa calçada da fama com os nomes e as mãos das estrelas no chão é onde fica o teatro mais  glamoroso, o Dolby Theater, e é lá que acontece a entrega do Oscar. Fica localizado no Hollywood & Highland Center.

O Grauman’s Chinese Theater fica ao lado, e esse é um cinema com tecnologia IMAX. Eu particularmente acho esse pedaço bem confuso, pois sempre tem muita gente e o espaço é pequeno. Para crianças muito pequenas acabam não entendendo. Talvez os adolescentes curtam mais. O que recomendo fazer é entrar no site do teatro e agendar um tour privado. Aí sim se conseguir ver melhor e entender um pouco a história sem perrengue.

Só não pode tirar fotos e nem filmar. O mais legal é que, nesse tour, vimos os camarotes, palcos, poltronas centrais e isso dá uma dimensão de quão suntuoso é aquele lugar que vemos anualmente na TV. Se a ideia é fazer você se sentir uma total estrela de Holywood, eles atingem a meta! 

Saindo de lá, recomendo seguir em direção ao miradouro do Hollywood Bowl,  onde se tem uma vista linda de toda a cidade, principalmente nos dias de pôr-do-sol. Lá, tem um anfiteatro onde acontecem vários shows de musicais, e o local é palco de centenas de eventos anualmente.

O que fazer no Lado Leste / Griffith

Griffith Observatory: Uma das visitas mais bonitas da cidade fica no alto do Monte Hollywood, que serviu de cenário para La La Land. É um dos pontos turísticos mais visitados da cidade, conhecido como o Central Park de LA. Ótimo programa para ser feito em família, principalmente quando os menores se deparam com o carrossel. Bem pertinho de lá está a famosa placa de Hollywood, o que torna o destino mais atrativo ainda. Fomos de dia, mas parece que á noite é mais lindo. É excelente para despertar o lado da astronomia nos menores, um verdadeiro planetário ao ar livre! A entrada é gratuita só se paga o planetário mesmo.

O que fazer no Lado Oeste

Aqui vemos as grandes praias e mais famosas de LA: Venice, Santa Monica e Malibu. Vamos a elas!

Venice BeachEu sempre prefiro alugar uma bike para fazer um pouco da costa. Em todas as praias, tem lojinhas que alugam, mas como os meninos eram pequenos e tinham preguiça de andar, fomos dirigindo o carro na Pacific Coast Highway começando em Venice e terminando em Malibu. 

Venice é uma praia que não amo, acho até o ambiente de lá meio pesado, mas conforme vai passando os minutos, você vai se entregando ao clima do lugar. No seu calçadão conhecido como Ocean Front Walk, é possível ver várias lojas turísticas, shows, vendedores de artesanato, rappers, surfistas, hippies, artistas e pintores de rua, além de ouvir muito reggae e rock’n roll. A rua Abbot Kinney é bem legal e também tem várias opções de cafés e restaurantes. Tem a opção de passear pelos canais construídos artificialmente, para dar um charme de Veneza italiana.

Seja qual for o dia da semana, lá está sempre movimentado. Curtimos bem mais a sua vizinha ao lado que não é tão Turística, Manhattan Beach. Tem várias lojinhas fofas de bairro, e a própria praia em si é bem melhor. Para os menorezinhos, também tem um playground bem legal!

Santa Mônica: Aqui é o paraíso para as crianças. Vizinha de Venice, nela a paisagem muda completamente. Poucos cenários representam tão bem a Califórnia como um todo como essa praia e seus surfistas entrando na água. Além disso, o sol aqui é freguês. Por isso, sorria: você esta na Califórnia! Futuramente vale um post só para falar  de todas suas atrações, mas vou tentar resumi-las. Uma coisa é certa: mesmo não ficando por lá, é legal reservar um, dois ou três dias para desbravar essa parte toda já que tem vários atrativos. 

Uma das coisas que mais gostamos de fazer quando estamos lá é de brincar no calçadão, se sentar no gramado e ficar observando as pessoas passearem de skate e bicicleta enquanto comemos tendo como melhor cenário aquele píer repleto de cor, luz e diversão.

O Pacific Park  é ó único parque de diversão que é no mar. Tem roda gigante, carrinho bate-bate, montanha russa e até aqueles brinquedos em que é preciso acertar a mira para ganhar um urso de pelúcia ou algo do gênero. Existe também um pequeno aquário para ver algumas espécies de peixes diferentes. Se o dia estiver ensolarado (o que é muito frequente em LA), vale dar um mergulho, arriscar um futebol ou uma corrida na praia. Na praia, tem uma estação com várias argolas onde as pessoas se exercitam e fazem acrobacias.

A três ruas da praia fica a 3rd Street Promenade – uma parte onde não são permitidos carros e onde há uma grande quantidade de lojas e restaurantes. Perfeito para uma sessão de compras! À noite, quando a luz do parque se acende, tudo fica mais lindo ainda. O píer tem um marco histórico, já que la é que acaba a famosa Rota 66 que liga o Estados Unidos de Leste a Oeste. Lá, e sinônimo de lotação o ano todo, já que as opções são várias e vão de bike a skate.

O que fazer em Malibu

A famosa Malibu é mais afastada e mais vazia, e o local abriga aquelas mansões de frente para a Praia por ser reduto dos milionários e artistas. Por ali, pode-se aproveitar a praia no melhor estilo californiano e autêntico. As principais praias de Malibu são:

  • Zuma Beach: bem charmosa e especial, com uma paisagem cinematográfica!
  • Malibu Beach: onde ficam os astros do cinema
  • Paradise Cove: tem seu charme e ambiente especiais 
  • The Surfrider: agrada muita gente, principalmente os surfistas. Aquele seriado SOS Malibu motivou muita gente a matar curiosidade conhecendo essa praia!

O que fazer nos arredores de LA

Universal StudiosSó de falar nesse nome as crianças piram junto com a Disney e com o Sea World em San Diego. Essa mistura de cinema com parque temático sempre faz o maior sucesso entre eles: Simpsons, Pica-pau, Shrek, Jurrasic Park, Meu Malvado Favorito e muito mais, estão todos por lá.

Não deixa nada a desejar para a Universal de Orlando, que é bem maior que essa, apesar desta ter sido a primeira a existir. Além disso, pode-se fazer um tour pelos bastidores de vários filmes como King Kong , Tubarão, Velozes e Furiosos etc. É o chamado Studio Tour, que é feito de dentro de um trenzinho.

Em cada produção que se passa, pode-se ver um pedaço do filme ao fundo. Aliás, eu recomendo inclusive começar por aqui porque as filas são quilométricas, já que essa é uma das atrações principais do parque. Além disso, ainda tem o Universal Citywalk, com suas várias lojas e restaurantes que deixam a gente mais entretida ainda com toda aquela iluminação e diversão! Os meninos amaram o brinquedo da Múmia, que é uma montanha russa no escuro. Não sei se demos sorte, mas o dia que eu fui o parque estava muito tranquilo sem muitas filas, e parece que é assim ao longo do ano também.

Knott’s Berry FarmFoi o primeiro parque temático dos Estados Unidos e traz várias montanhas russas e muita adrenalina. Lembra um verdadeiro velho Oeste, com suas cidades-fantasma, mas tem uma área que é toda do Snoopy. Uma das montanhas-russas, a Timber Mountain Log Ridee, demora 5 minutos e tem 2 quedas d’água. Confesso que sai de lá sem ar! É um parque simples e pequeno, que agrada a todas as idades por ter desde brinquedos radicais até os mais infantis, como Snoopy. É a segunda vez que vou, e tenho sempre a impressão de estar em uma fazenda. Os personagens também são incríveis!

Aquário de Long BeachUm aquário repleto de espécies do pacífico que só se vê lá. Vários bichos lindos, diferentes! Além disso, o local é bem organizado, e não se vê filas nem tumulto. É um dos maiores aquários dos Estados Unidos e, como fica a 40km de Los Angeles, é um programa que pode durar o dia todo. Até mesmo porque lá é gigante e tem 3 andares de muita diversidade. O aquário é dividido em três sessões: Southern Califórnia e Baja Gallery, Northern Pacific Gallery o Tropical Pacific Gallery. Ele fica perto de um local cheio de restaurantes à beira-mar. Quem tiver mais dias, eu recomendo já que o passeio é muito agradável.

Six FlagsUm dos parques de diversões mais radicais que conheço e um dos maiores da Califórnia. Mas aqui, só vale a pena ir se gostar muito de adrenalina e também se a criança for um pouco mais velha para poder aproveitar tudo por causa das alturas mínimas exigidas para cada brinquedo (são mais de 15 montanhas russas!). Mas, de qualquer forma, tem atrações para outras idades também, como a terra do Looney Tunes com vários brinquedos para os menores e seu famoso Pernalonga. Adoro esse parque e, mesmo sendo enorme, é fácil de andar.

Hurricane Harbour: É o parque aquático ao lado do Six Flags que só abre aos finais de semana. Tem várias montanhas-russas, só que aquáticas – ou seja, é muita adrenalina. É um parque mais acessível, por isso mais cheio também. Vale a pena visitá-lo caso tenha alguns dias a mais em LA.

and/” target=”_blank” rel=”noopener noreferrer”>DisneylandSem sombra de dúvida, é um dos maiores e melhores parques para quem procura diversão. Só não espere muitos brinquedos radicais nem efeitos visuais, pois é um parque clássico, intimista e elegante. Foi o primeiro parque da Disney a ser construído. É menor que o de Orlando, mas é tão ou mais charmoso que o de lá. Ótimo lugar para matar as saudades dos brinquedos que não existem mais em Orlando, mas que ainda se mantém lá, como por exemplo, o do Pinóquio.

O Castelo Rosa da Bela Adormecida é o sonho de qualquer menina, principalmente quando dentro dele nos deparamos com a loja Bibiddi-Bobbini-Boutique. Lá, as meninas podem se transformar em princesas. E como ele não é muito grande, dá a impressão que o castelo é mais intimista e que vai ser mais fácil encontrar os personagens.

O parque fica a uns 35km de Los Angeles, portanto, para quem estiver por LA e for ficar mais de 3 dias, recomendo colocar o parque no roteiro. Ao lado da Disney, tem também o Disney Califórnia Adventure Park que, junto com os hotéis existentes, formam o Disneyland Resort.

As atrações desse complexo são inúmeras e voltadas para todos os tipos de públicos. Quando fui, os meninos já eram mais velhos e o João não era nascido; então, uma das terras que acho mais lindas, já não tinha mas tanta graça para eles, que é a Fantasyland .

De qualquer forma, os brinquedos que sempre acho imperdíveis são o Indiana Jones Adventure, o famoso Big Thunder Mountain e a Splash Mountain.

Resumindo: são mais de 60 atrações entre brinquedos personagens, e desfiles como a Parade of Dreams, o World of Color e o Fantasmic.

No Mickey Toontown, é possível encontrar Mickey, o Pateta e o Pluto e nos sentimos dentro de um desenho. A de Orlando foi extinta e só nos deixou essa para matar as saudades!

O Fastpass funciona bem e ajuda muito nos dias mais cheios, mas o sistema lá é diferente. Você vai até a atração e retira o papel, e no horário estipulado você retorna.

De uns tempos para cá, a Disney lançou o Maxpass, através do qual se pode agendar os brinquedos através do aplicativos, mas é preciso estar dentro do Parque para isso.

Uma das vezes que fomos foi para comemorar o aniversário dos meninos na semana entre o Natal e o Ano Novo. Tomamos café com os personagens no Plaza Inn e depois seguimos para o parque. Porém, confesso que não recomendo essa época, já que fica muito cheio.

Se realmente pensa em ir no Califórnia Adventure, sugiro ir no outro dia, já que fica bem puxado fazer os dois em um único dia mesmo um sendo de frente para o outro. Aliás, isso é um diferencial de lá, já que não é preciso usar carro ou ônibus de um hotel para o parque ou de um hotel para outro.

Guetty CenterAchei que fosse ser roubada para os meninos, mas me surpreendi muito com o que vi. É um complexo cheio de cultura que tem um paisagismo incrível com um labirinto cheio de azaléias, e uma vista também de tirar o fôlego. O que mais gostei foi o Family Room, que foi feito e desenhado para que a família possa interagir com as obras de arte. Isso é feito através de oficinas para construir esculturas, desenhar e pintar e até caça ao tesouro.

Kids Space Children MuseumFica em Pasadena que é um bairro bem residencial. É o típico lugar que as crianças podem correr, pular, brincar sem se preocupar, já que todas lá estão em busca da mesma coisa. Uma espécie de museu diferente, onde as crianças são estimuladas e motivadas a interagir. Tem pista de triciclo, riacho e as crianças interagem o tempo todo. Tem também vários brinquedos de água, que no verão ajudam a refrescar a cuca. Tem vários insetos explicando como eles vivem, além de um projeto pedagógico e educativo muito legal.

Discovery CubeLugar incrível com várias atividades para crianças que fica em Orange County. Tem uma área de dinossauros que a criança aprende interagindo, além de algumas atividades de reciclagem. Traz várias exposições de ciência relacionadas, por isso, é mais indicado para crianças um pouco mais velhas a partir de 6 anos.

San Diego

Essa cidade fantástica está a 1h30 de Los Angeles, e oferece várias opções de passeio e atrações incríveis. Ela é um pouco mais calma que Los Angeles e, a cada passo que dava lá, encontrava um brasileiro. Futuramente, farei um post só sobre esse lugar, mas não poderia deixar de citar dois super atrativos que fazem com que muita gente saia de LA para ir até lá.

SeaworldÉ um dos parques mais visitados da Califórnia, famoso pelos shows com animais aquáticos. Tem um oceanário com várias espécies marinhas e apresentação de lontras, golfinhos etc. As montanhas-russas também são radicais, como a Manta, e tem alguns brinquedos que molham muito, como o Journey to Atlantis. Aliás, recomendo levar roupa extra para esse parque, pois nos shows dos animais também molha. Ele é menor que o de Orlando e tem uma localização privilegiada, já que fica à beira de uma baia. Chegue cedo, porque como tudo na Califórnia, não fecha tarde e é mais fácil de transitar evitando as filas.

andLugar colorido, agradável e cheio de surpresas para as crianças. Ele tem atração para os pequenos de 2 anos a 6 anos. Acredito que crianças com mais do que isso não iriam curtir tanto. Como estamos na terra do cinema, não poderia deixar de ter um LEGO Movie Experience, com direito a conhecer os sets de filmagens, que são magníficos. 

Lá na Legoland também tem o Durante a semana é bem tranquilo, muito organizado e incrível!

Chima Water Park:  Tem esse parque aquático também que dá para conciliar com a Legoland e no verão faz toda diferença, já que depois dá para se refrescar nas piscinas. Entretanto, muitas vezes prefiro conhecer bem um parque só do que dividir, já que fica mais cansativo quando se está com crianças.

Não falei que a lista era longa? Ficou confuso (a) e não sabe nem por onde começar? Calma! A Nath e a Travel Place preparam um roteiro na medida certa para vocês fazerem a viagem dos sonhos!



Comentários