Verão em Paris: a magia está no ar

As 25 melhores atrações para conhecer Paris com as crianças no calor!

Paris, durante o verão e a primavera, é simplesmente linda! As pessoas saem às ruas, passeiam sorridentes, vestem roupas mais coloridas, se reúnem nos bistrôs do lado de fora, o sol brilha forte e minha sensação é que todo mundo fica mais leve e mais feliz!

Certos programas só tem graça durante os meses de temperatura amena, como alimentar os patinhos do Jardin D’acclimatation, tomar o café da manhã na varanda do Café Marly, fazer um piquenique na Pont des Arts ou nas margens do Sena, atravessar a praça Concorde de bicicleta, jogar conversa fora nas mesinhas dos restaurantes dos Jardim de Tuileries e Luxemburgo ou almoçar em algum restaurante no topo dos prédios para apreciar os dias lindos. Aproveite!

Ar-condicionado: artigo de luxo em Paris.

Um dos únicos problemas de Paris, no auge do verão, é que a cidade tem pouca infraestrutura para suavizar as altas temperaturas: poucos apartamentos e supermercados têm um ar-condicionado que funcione realmente 100%. Agosto, por exemplo, é um mês diferente, já que os próprios parisienses fecham tudo e saem de férias.
Quando fui em agosto, encarei o mês como uma forma de redescobrir os maravilhosos passeios e circuitos esquecidos, assim como aproveitei para visitar as praças e começar novas atividades de lazer.

O que fazer na primavera e verão em Paris?

Foi difícil enumerar tudo o que Paris tem de lindo durante as estações mais quentes do ano, mas conseguimos fazer uma lista bem útil para quem tem pequenos e quer se divertir muito pela cidade neste período. Vamos lá?

Paris Parc de la Villete
Paris Parc de la Villete

Parque de la Villette e Cite
A Cité fica no meio do Parc de la Villette, um parque com arquitetura mais moderna e aberto ao público. Lá, acontecem exposições, feiras, concertos, jogos, e é um lugar perfeito para um piquenique num dia agradável ou um passeio de barco. Lá mesmo, não deixe de ir no Les Vents et Les Dunes, um parquinho gratuito super diferente, com brinquedos separados por idade. Há também a Cité de la Musique, que incentiva as crianças a entrarem no mundo da música, e a Cité de Sciences et Cité de l’industrie, que mostra o mundo em constante mutação. Duração do passeio: são tantas atrações que é preciso um dia inteiro para ir em todas, mas se for apenas na Cité des Sciences ou só na Cité des Enfants, dá para fazer em meio dia. Quando fomos, passamos o dia visitando todas as atrações e a La Géode paris, um cinema gigantesco com 36 metros de diâmetro.

Como chegar:
Metrô linha 5 estação Porte de Pantin, ou linha 7 estação Porte de la Villette.

Jardin d’Acclimatation
Para os dias de sol e de temperatura agradável, um passeio muito bacana é o Jardin d’Acclimatation, que fica dentro do Bois de Boulogne. Lá existem diversas atrações para as crianças: um pequeno parque de diversões, aves, animais da fazenda, ursos, passeio de barco num riozinho, pula-pula, teatro de fantoches e brincadeiras com jatos de água, perfeitas para os dias de calor! Duração do passeio: a metade de um dia é tempo suficiente para conhecer o parque, mas se você tiver tempo sobrando, dá para passar o dia inteiro lá curtindo os parquinhos.

Metrô: Linha 1 – Estação : “Les Sablons”
Na Porte Maillot há um trenzinho gratuito que faz um passeio bem bonito e leva as pessoas até à entrada principal do jardim.

Piqueniques nos parques

Ah, os parques da Europa! Fizemos um piquenique incrível no Bois de Vincennes, que, no verão, recebe um parque de diversão também. Passei no Monoprix e comprei sucos, torradas, salgados, quiches. Estendi minha canga de praia e fomos nos divertir debaixo de um sol maravilhoso, e foi a festa para todas as idades!
Para o piquenique, não se esqueça de levar copos, talheres e guardanapos. Para as crianças, é sempre bom levar brinquedos e um saco de lixo para recolher as coisas no final.

Este foi apenas um, mas há uma infinidade de parques onde os piqueniques podem ser feitos, como: Parc Montsouris (muito espaço para os pequenos e um lago lindo); Parc de La Bagatelle, que é dentro do Bois de Boulogne; Parc de Bercy; Place de Vosge, no coração do Marais; e Parc Monceau.

Parc Floral e Château de Vincennes
O Château de Vincennes é um castelo e é a única residência real da Idade Média que ainda existe nos dias de hoje. Apesar de ficar fora de Paris, é possível chegar de metrô. Se o dia estiver agradável, não deixe de conhecer o lindíssimo Parc Floral, que fica logo atrás do castelo.
Além do Parc Floral e do Chateau, ainda visitamos a La Ferme de Georges-Ville, uma fazendinha com vários bichos, que podem ser alimentados.

Como Chegar:
Metrô Linha 1: Château de vincennes ou RER A Vincennes.

Parque Zoológico de Paris
Esse Parque também fica no Bois de Vincennes e foi reinaugurado em abril de 2016. São mais de 1000 animais, divididos em 5 ambientes: Patagonia, Sahel-Sudão, Europa, Guiana e Madagascar. Mais uma atração que eles amam no Bois de vincennes.

Como chegar:
Metrô: linha 8 (Porte Dorée) ou linha 1 (Saint-Mandé ou Château de Vincennes)

and Paris
A Disney cai bem o ano todo. As crianças se divertem com os personagens e com a seleção de alguns brinquedos, que também podem ser vistas em Orlando. Os 2 parques ficam fora de Paris, mas são de fácil acesso.

Duração do passeio: o ideal é escolher um dos dias em que o parque abre mais cedo e passar o dia lá. As crianças de 5 anos ou menos não podem ir em todas as atrações, então 1 dia para quem tem pequenos nesta faixa etária é mais que suficiente para ver tudo. Pelo site do parque, dá pra ver tudo e já planejar antes o roteiro. Vale assistir aos shows: às 15h tem um na frente do castelo da Cinderella, e às 17h tem a Disney Parade!

Como chegar:
Linha A: Estação Marne-la-Vallée/Chessy
De carro: o melhor é colocar a localização do parque no GPS: Latitude : 48.876077 – Longitude : 2.79646

Parc Asterix
É mais interessante para as crianças maiores e é perfeito nos dias quentes de verão, pois tem muitas atrações com água, tanto que não abre durante o inverno. São 31 brinquedos, alguns deles bastante radicais como as montanhas russas Goudurix, Oziris e Chapéu Mexicano, que requerem altura mínima para entrar.

Como chegar:
Fica um pouco longe, já que é preciso ir até o aeroporto Charles de Gaulle (RER A), e de lá pegar um ônibus que para na porta do parque Outra opção é pegar um shuttle direto da garagem do Louvre, que sai às 9h e volta às 18h30, e nos finais de semana a partir de julho retorna às 19h30.

Bercy Village
Um charmosíssimo shopping a céu aberto com lojas, restaurantes, cafés e cinemas, mesclando modernidade e história. Para quem já está enjoado daqueles programas turísticos da cidade e quer fazer algo diferente, essa é a pedida perfeita.

Como chegar:
Bercy Village – estação Saint Emilion da linha 14.

Parc Monceau
Um pedaço da natureza dentro de um dos bairros mais chiques de Paris. Fica no 8º arrondissement e é um dos parques mais floridos, com esculturas, passarinhos e hortas, cheio de gramados para piqueniques e área de brinquedos para a criançada! Também é um parque onde é muito mais frequente ver parisienses do que turistas.

Como chegar:
35 Boulevard de Courcelles, 75008 Paris, França
Metro: M° Monceau, linha 2

Paris Parc Monceau
Paris Parc Monceau

France Miniature
É o maior parque de miniaturas da Europa. É bem divertido ter uma ideia geral, vista de cima, dos monumentos, jardins, das cidades, desde Paris, Carcassonne, Mont Saint-Michel, a Saint Tropez. Reúne a França inteira em um só lugar, com algumas atrações e várias atividades interativas. As crianças se sentem em terra de gigantes!

Como chegar:
Endereço: Boulevard André Malraux, 78990 Elancourt,
De Montparnasse ou la Defense, tome o trem para Gare de La Verrière.

PTite Velib
As crianças também podem curtir Paris de bike! Desde 2014, a prefeitura de Paris iniciou o serviço de locação de bicicletas para os baixinhos. São 300 bicicletas, para crianças de 2 a 8 anos, desenvolvidas pela JC Decaux em quatro modelos, para todas as idades. No link você pode ver onde encontrá-las para alugá-las para os pequenos!

Jardim de Luxemburgo
Um dos maiores e melhores parques de Paris. Nos dias de sol, você encontra desde crianças espalhadas brincando no parquinho, super bem equipado, até adultos correndo ao ar livre ou executivos almoçando suas baguetes no belo jardim. No verão, dá para alugar uns barquinhos na fonte principal. O teatro de fantoches, Guignol, fica aberto o ano todo, mas algumas crianças não gostam de ir por que não entendem a língua.

Como chegar:
Fica na 2 rue Auguste Comte 75006
O Jardin du Luxembourg possui várias entradas: place Edmond Rostand, place André Honnorat, rue Guynemer e rue de Vaugirard

Estações de metrô perto do jardim:
Linhas 4 e 10 – Estação : “Odéon”
Linha 10 – Estação “Mabillon”
Linha 4 – Estação “Saint-Germain-des-Prés”
Para o RER, o ponto de descida é « Luxembourg-Sénat » (linha B)

Paris Plages
Já que os franceses congelam com o inverno rigoroso, sonhando com as praias, quando finalmente chega o verão a prefeitura fecha a circulação dos carros da Pont des Arts até a Ilha de Saint Louis e providencia areia e cadeiras à beira do Rio Sena para “quebrar um galho” e matar a vontade dos franceses e turistas! Existe também uma programação de cursos e brincadeiras no local (sob consulta).

DICA DA MÃE VIAJANTE:

Dica da mãe viajante: ainda não se pode mergulhar no Sena, mas existem vários aspersores que jorram água, refrescando a turma e dando, literalmente, a sensação de estarmos na praia!

Palácio de Versalhes
Ir a Versalhes é um programa inesquecível. Escolha um dia bonito e aproveite para mergulhar com a família na história, sentir como viviam os reis na época da Revolução Francesa, e sonhar acordado no maior palácio da Europa! Passamos um dia lá, não apenas visitando os castelos, mas totalmente “jogados” nos gramados que ficam atrás. Eles mais parecem pintados à mão, de tão perfeitos!

Como chegar:
RER C

Paris Palácio de Versalhes
Paris Palácio de Versalhes

Palais Royal
Um espaço verde, com mais de 500 árvores bem no centro da cidade. Próximo do Louvre, no coração de Paris, os jardins do Palais Royal formam um oásis de tranquilidade, bom para passear. Há uma entrada discreta. Ou seja, antes de entrar, você não tem noção da beleza do lugar. Dia de semana é bem calmo, mas nos finais de semana, durante o verão, é lotado. Lá tem um restaurante estrelado pelo Guia Michelin, o Le Grand Vefour. Não é o ideal para crianças, mas fizemos reserva dizendo que estávamos com pequenos e se mostraram simpáticos conosco.

Como chegar:
A estação de metrô é a Palais-Royal/musée du Louvre» ( Linhas 1 e 7)

Musée Rodin
Durante a primavera, vale conhecer o jardim de rosas mais lindo de Paris, com esculturas ao ar livre. É interessante fazer imitações com os pequenos, e se impressionar com toda a técnica do intrigante artista que era Auguste Rodin. A diversão será garantida.

Como chegar:
Fica na Rodin Paris: 79 rue de Varenne, 75007
Metrô: estação Varenne (linha 13)

Torre Eiffel
O monumento mais visitado do mundo é parada obrigatória para aqueles que visitam Paris. Se quiser evitar filas, compre o ticket com antecedência no site Eiffel Tower. Depois da visita, a dica é relaxar no parque do Champs-de-Mars, onde existe um parquinho em que as crianças sempre se divertem. Depois, vá até o carrossel com os menores, na frente da Tour, que é o mais visitado de Paris. Aliás, um comentário importante: as crianças adoram ver a Tour Eiffel piscando com suas 20 mil lâmpadas à noite. O espetáculo acontece sempre nos 10 primeiros minutos de cada hora, do escurecer até as 2 horas da manhã. Não deixe de ir ao Trocadero para apreciar esta bela vista!

Como chegar:
Existem duas estações de metrô perto da Torre Eiffel:

Linha n°6, estação Bir-Hakeim
Linha n°9, estação Trocadéro
RER: O ponto de descida é « Champ de Mars – Tour Eiffel » (linha C)

Jardim de Tuileries
Parque maravilhoso, com esculturas ao ar livre onde as crianças podem ficar soltas e correr. Apesar de não contar com uma imensa área de lazer como os Jardins de Luxemburgo, este jardim histórico oferece um pequeno espaço de brinquedos, carrossel e uma fonte, onde sentamos em volta para tomar um sol. Durante o verão, há a Fête Foraine des Tuileries, um parque de diversões à moda antiga com carrinho de pipoca, sorvete e algodão doce. É muito gostoso e acontece de junho a agosto, além dos tradicionais passeios de pônei, que os pequenos podem fazer dentro do parque. Há 4 cafés, mas sempre comemos nos Loulou, que fica no Museu d’Art Decoratif. No verão as mesas ficam ao lado de fora, uma delícia.

Como chegar:
Saindo do Louvre, basta cruzar a rua para chegar ao Jardim de Tuileries.

Paris Jardim de Tuileries
Paris Jardim de Tuileries

Piscinas públicas de Paris
No verão, todo mundo quer se refrescar! Por isso, a cidade tem mais de 38 piscinas públicas onde qualquer um pode ir. Fomos na de Saint Germain, mas é melhor ir em horários alternativos, como no final da manhã ou início da tarde, quando não está muito cheio. Confira os endereços no link.

Aquaboulevard
Nossa diversão aquática preferida! Tem vários tobogãs gigantes, piscina com ondas, rasas e fundas. Só não pude levar o meu menor, já que só aceitam crianças a partir de 3 anos. É coberto, mas tem uma pequena área externa. Final de semana é lotado, principalmente nos dias de calor.

Como Chegar:
Fica na 4-6 Rue Louis Armand, 75015 Paris
Metrô Linha 8 Balard
Metrô Linha 12 Porte de Versailles e Corentin Celton
RER C – Pont Du Garigliano

Vale du Loire
Lugar lindo ao sudoeste de Paris, conhecido por seus vários castelos e suas histórias. Fui para lá focada no castelo de Cheverny, lugar que serviu de inspiração para as ilustrações do desenho “As aventuras de Tintim”. Em Cheverny também há o canil com mais de 100 cachorros, que meus pequenos adoraram.

Como Chegar:
Com crianças, a melhor opção para chegar lá é de carro.

Cheverny
Fica bem pertinho da cidade de Blois, e a cerca de 190 km de Paris. Para quem vai de carro, saindo de Paris, a dica é pegar a A10 em uma viagem com duração aproximada de 2 horas. Se preferir, pode chegar de trem saindo da estação Paris Austerlitz e terminando a viagem na estação Blois-Chambord. De lá, pegar um táxi para chegar até Cheverny.

Château d’Amboise
Fica a 220 km de Paris. Saindo de Paris de trem, a viagem totaliza 1h40. A estação se chama Amboise mesmo.

Château de Blois
Fica a 185 km de Paris, e saindo de Paris chega-se em 1h30. A estação se chama Blois.

Château du Chaumont Sur Loire
Pegue o trem até Blois e, de lá, um carro ou ônibus regional para Chaumont-sur-Loire. A viagem de trem até Blois tem cerca de 2h de duração. Você também pode escolher o ônibus até Tours e, de lá, carro ou ônibus regional até Chaumont.

Casa de Monet em Giverny
Nada menos que a casa e os jardins de um dos maiores pintores do impressionismo, a menos 1 hora de Paris. A cidade é linda, cercada de casas medievais e ruelas bem típicas de cidade de interior. Existem várias opções de passeio pela cidade, que conta com ateliês, museus e restaurantes, todos em um ambiente todo florido que faz você se apaixonar! Os terraços ficam abertos e a maioria serve cafezinhos e sanduíches bem gostosos. Visitar a casa em que Monet morou, de 1833 a 1926, e que ainda guarda alguns móveis da época dele é passeio obrigatório. Do outro lado, há o Jardim de Água, com as pontes japonesas e as famosas vitória-régias. Fica aberto de abril a novembro, e recomendo comprar o bilhete com antecedência.

Como chegar:
De carro e trem, o passeio é super acessível. Fomos da forma mais rápida, que é de trem, a partir da Gare Saint Lazare, em direção a Vernon. Chegando lá, pega-se um ônibus que levará no jardim.

Museu D’Orsay
O D’Orsay é um museu que aborda a história da arte para crianças. Lá, encontram-se as maiores obras dos impressionistas reunidas, além de peças do realismo, expressionismo, art nouveau… As visitações agendadas têm objetivo de provocar a curiosidade sobre a vida de cada artista. Existe a opção de visitá-lo à noite também, mas isso só acontece a partir de maio. As crianças ficam empolgadas, já que lembram do filme Uma Noite no Museu. Fecha às 2 feiras.

Como chegar:
Metrô: Solférino.

Parc Saint Lambert
Em uma andança pelo bairro 15, bem residencial, descobrimos essa praça, que fez a alegria da garotada. Com muito espaço, pouca gente, parquinho e até carrossel, foi um verdadeiro achado no meio dos passeios parisienses com as kids. Fecha às segundas feiras.
Como chegar:
Metrô Linha 8 Commerce e Félix Faure

Canal Saint Martin
Fica no 10º arrondissement e pode ser visitado junto com o Parc de la Villette (número 1 da lista), pois ficam próximos. O La Villette é cortado pelo Canal de l’Ourcq e o Canal de Saint Martin o conecta com o Rio Sena. O lugar parece uma pintura, com aquelas pontes que remetem aos filmes românticos. Informal, descolado e atrai um tipo de turista que não quer focar apenas naquelas atrações básicas.

No verão, as pessoas se reúnem na beira do rio para fazer piquenique e nós não poderíamos fazer diferente: compramos um vinho Rosé para brindar, sentamos no Jardim Villemin e abrimos a baguete que tínhamos na bolsa. No entorno do canal, há várias lojas lindas, como a Antoine et Lili. Percorremos a rue de Marseille e a Beaurepaire, só que as crianças ficaram com fome logo e sentamos no Le Verre Volé.

Como chegar:
A forma mais rápida seria pegar a linha 5 e saltar em Jacques Bonsergent, mas dá para ir andando de République e Gare d’lest também.

Vamos combinar que tédio não vai ter vez nesta viagem, com tantas opções de atrações para visitar com a família. Quer saber mais sobre Paris antes de embarcar? Antes de fechar as malas, não esqueça de baixar o checklist “Mala urbana de verão”, e não deixe nenhum ítem de fora. Os pequenos já estão sabendo sobre o próximo destino de férias? É hora de imprimir o caderno de colorir de Paris e começar a ambientá-los para conhecer uma das mais belas cidades do mundo.

Tudo pronto? Vamos passar o cadeado nas malas e rumar para o aeroporto. Afivele os cintos e aproveite. Porque viajar com eles é muito melhor!

>> Deu vontade de conhecer esse destino juntinho com a família? A Nath e a Travel Place preparam um roteiro na medida certa para vocês fazerem a viagem dos sonhos!



Comentários