Você quer brincar na neve?

Nossa jornada em família por Courchevel

Saiba como eu e minha família aproveitamos o melhor deste destino de neve

Quando iniciei minhas pesquisas sobre Courchevel, logo pensei no meu bebê de 1 ano. Imaginei que seria mais difícil achar uma programação que se adequasse à idade,  já que ele ainda não esquia (a menor idade que a escolinha de esqui aceitava era 1 ano e meio). Ou seja: eu precisava arrumar um espaço para deixar o menor e ao mesmo tempo pensar na logística das aulas dos mais velhos. Não sabia ainda como seria esta experiência em família. 

De cara, já encontrei lugares incríveis, como o Espace La Croisette, onde íamos todo dia por pelo menos 1 hora. Trata-se de um espaço pequeno (como tudo na França!), que conta com uma brinquedoteca com escorregas, mini tobogãs, chão acolchoado e piscina de bolas, onde as crianças conseguem se divertir e ficar entretidas durante um tempo. É recomendado para os menores, mas é preciso ter alguém para supervisioná-los.

Enquanto eu estava nessa salinha de jogos com meu bebê, meu marido esquiava com os dois mais velhos. O professor de esqui deles era francês (que falava português!) e era muito bom, com uma ótima didática. Há uma pista de esqui chamada Family Park que é perfeita para os pais e filhos esquiarem juntos!

Sobre a escolinha de esqui: o nome é  École du Ski Français (ESF), cujo escritório está situado no centro de Courchevel, número 1850. Eles organizam aulas de esqui para adultos e crianças em Courchevel, e sabem dar uma atenção para as crianças bem diferente das outras estações de esqui que já fui. Você pode optar em colocá-los no Village des Enfants, que é em grupo para crianças de 3 a 12 anos, ou particular.

Como ficamos 7 dias lá, dividi o período. Metade do tempo as crianças ficavam com professor particular, e os outros dias em grupo. A evolução deles com aula privada é bem mais rápida. Sem contar que existe a dificuldade da língua, pois em grupo, os professores falam inglês. Quando se faz as aulas individuais, é possível pedir um professor que fale português.

Para as crianças maiores de 1 ano e meio, há a opção dos instrutores no Village des Enfants, que monitoram e brincam os pequenos enquanto os pais esquiam.

Outras atrações para crianças em Courchevel

Bem no centrinho da cidade, há também um mini carrossel, pôneis e cavalos com charrete para a criançada fazer passeios, mais um atrativo para eles! Mas, vamos combinar que uma das brincadeiras mais divertidas dos três era brincar na neve: fazer boneco, jogar neve um no outro, apostar corrida e cair. Outra atividade que fizemos também, reservando através da escola de esqui, foi o trenó (ou no português bem claro, o “esquibunda”): é diversão em nível máximo!

Como meus gêmeos fazem aniversário no final do ano, nesta data especial, depois do esqui, fomos jogar boliche no Le 3000 Game Center, uma pista bem bacana que fica dentro do Fórum de Courchevel (mesmo lugar onde fica a ESF). Pedi ao Concierge paral reservar com antecedência, para não ter erro. De lá, fomos comer uma pizza na L’Osteria (confira o post de restaurantes em Courchevel), mas lá também servem vários outros pratos variados.

Fomos um dia no Aquamotion, um enorme espaço de água que, além de contar com toboáguas, possui piscina artificial para surf – tudo cercado por muito vidro para manter do lado de fora o ar gélido. Lá funciona o Cafe Nikki, super moderno em um espaço super cool, onde acabamos jantando depois. Super recomendo esse programa, por mais que seja um pouco mais afastado: fica em Courchevel Village e Courchevel Moriond.

Outro programa super legal que os mais velhos fizeram: subir naqueles muros de escalada no Bureau des Guides (fica na Maison de La Montaigne em La Croisette). Aliás, neste lugar, além da parede de escalada existem também minitrilhas e cordas para eles se pendurarem. É um lugar onde as crianças gastam bastante energia!

E aí, se animou para conhecer essa cidade deliciosa com a família? É realmente muito fácil se divertir por lá.

Se gostou deste post, não deixe de ler em nosso próximo as dicas de onde ficar, o que comer e mais algumas coisinhas super importantes que vão te ajudar a programar as próximas férias em Courchevel. Não esqueça de baixar o checklist “Mala de Neve”, e tenha certeza de levar tudo que a sua família pode vir a precisar para aproveitar este destino ao máximo. Porque viajar com eles é muito melhor!

>> Deu vontade de conhecer esse destino juntinho com a família? A Nath e a Travel Place preparam um roteiro na medida certa para vocês fazerem a viagem dos sonhos!



Comentários