O que fazer em Gramado e Canela com a família

As atrações são inúmeras em Gramado e Canela! O ideal que recomendo é em cada dia tentar fazer aquelas que são mais próximas uma das outras. Assim, a família consegue ir se divertindo e, ao mesmo tempo, conhecendo tudo pelas regiões!

Atrações em Gramado

Gramado Zoo: No 1º dia, começamos com o zoológico da cidade que nos foi recomendado como um dos melhores do Brasil. A maioria dos animais ali são da própria fauna brasileira, como tucanos, papagaios, araras. Em alguns lugares, você pode até entrar para vê-los soltos, o que aumenta a aventura! Me lembrou até um pouco o zoo de Foz do Iguaçu, que também é incrível! Também tem passeio noturno, mas não fizemos. Basta uma manhã ou uma tarde para conhecê-lo. Fica bem perto da entrada da cidade.

Lago Negro: A natureza foi generosa com esse lugar! É um lago imenso, com águas escuras, mas a vegetação foi importada das florestas alemãs e salpicada com algumas bromélias e hortênsias. O resultado dessa mistura é um cenário que parece mais com um quadro do que um ambiente real! Tem vários pedalinhos em formato de cisne, e várias trilhas que podem ser feitas em grupo com as kids. Em frente ao lago, tem a Alemanha encantada, que é antiga vila medieval alemã com direito até a torre da Princesa. É para dar asas a imaginação através dos contos clássicos infantis dos Irmãos Green!

Mini Mundo: Saimos do Lago Negro e pegamos um táxi até o Mini Mundo (ah, como um carro fez falta!) Em frente a ele acontece o show de fogos do Natal Luz e o show de Navitaten. Imagine um lugar que é como se você estivesse viajando pelo mundo, e onde se encontra tudo em miniatura, desde os grandes monumentos até prefeitura, castelos, parques, igrejas, casas, aeroporto e metrô? Nós parecemos gigantes diante de tanta informação.

Vários mini personagens representam ali a vida cotidiana, e vimos desde o Beatles atravessando a pequena Abbey Road, até várias pessoas comuns tomando um chá no pequeno café da esquina. É tudo muito perfeito com uma pitadinha de realidade. Além disso, o parque tem personagens próprios que passeiam por lá interagindo com as crianças. Achamos que o parque era grande, mas iniciamos o dia lá e umas 11h30 já tínhamos visto tudo. Demos a volta ao mundo de uma forma lúdica e divertida! Depois de lá, partimos para um momento Pizza em um restaurante que as crianças amaramm chamado Cara de Mau. Leia mais sobre ele no post Onde Comer em Gramado e Canela?

DICA DA MÃE VIAJANTE:

Como chove bastante em Gramado e a maioria dos programas é aberto, deixe o Museu de Cera e o Mundo Gelado do Capitão para esses dias.

Aldeia do Papai NoelNo 2º dia, decidimos ir para Aldeia do Papai Noel, que fica um pouco mais no alto da cidade. Um lugar incrível, com vários cenários que remetem ao pólo Norte, onde vive o bom velhinho. A neve é de espuma, e a casinha dele é toda mobiliada. Além da casa do papai Noel, tem a fábrica de brinquedos, trenós e renas, e até um labirinto. As crianças amaram o chalé dos ursos também! Lá foi um dos poucos lugares que vimos o Papai Noel de verdade.

Saindo de lá, passamos pelo Greenland, que é um parque de pontes suspensas. A crianças amaram também a árvore de cacau falante e não queriam sair de lá. Brecar o consumo do chocolate foi impossível, mas minha sorte é que as opções de chocolate eram tantas que eles nem ligaram muito. Já eu e meu marido….Oh, céus!

Todas as lojas de chocolate da cidade como Caracol, Prawner, Florybal, Lugano e Planalto são abertas a visitação, e o pais juntos com as Kids podem aprender a fazer um verdadeiro chocolate. Não tinha como irmos a todas, então escolhemos o Reino do Chocolate da Caracol para fazer nossa imersão nesse mundo tão delicioso. Lá, além da fábrica, ainda tinha um museu sobre a história do chocolate!

Korvantunturi: É um espetáculo que acontece o ano todo que tem vários malabaristas, contorcionistas e equilibristas. Eles gostaram bastante!

Snowland: Mesmo sem ter levado as crianças, fiz questão de visitar e super recomendo o parque Snowland. Este é o primeiro parque artificial das Ámericas onde se pode patinar, esquiar e até fazer snowboard. As crianças não foram porque, na época, meus gêmeos tinham 3 anos e crianças menores de 4 anos não podem ficar na área de neve.

O local possui uma excelente estrutura de serviços com lojinhas, restaurantes e cafés. Ele é dividido em 3 áreas que são: “O vilarejo Alpino”, onde estão as lojas e a patinação; o segundo piso, com o restaurante que tem vista para as montanhas; e o último piso, onde está uma pista de esqui com esquibunda e várias outras brincadeiras na neve. Reservem metade de um dia porque as crianças piram ali de tanta coisa diferente que o universo da neve oferece!

DICA DA MÃE VIAJANTE:

Compre o ingresso do Snowland pela internet, já que as filas costumam ser longas por lá. Não deixe de levar meias de algodão para as brincadeiras!

Ecoparque Sperry: Caso você já tenha conhecido todos os lugares em Gramado e ainda tenha alguns dias, talvez um programa mais natureza como esse parque possa ser uma boa opção! Fica no meio da mata atlântica, com suas várias trilhas e cachoeiras. Geralmente, as crianças mais velhas ficam mais interessadas. O restaurante do local , Bêrga Motta, é bem famoso e tem turista que vai lá só para visitá-lo. Porém, não fomos porque não deu tempo.

Museu de Cera: Não é um Madame Tousseau, mas diverte nos dias chuvosos com seus poucos personagens bem feitos.

Atrações em Canela

Parque Terra Mágica Florybal: Parque de diversão temático do mesmo fabricante do Chocolate Florybal. O parque tem desde teatro de fantoche até simulador de montanha-russa. Na entrada, nos deparamos logo com uma estátua gigante de um homem de Pedra com vários dinossauros assustadores para dar aquele clima meio assustador/aventura. Tem várias opções, como teatrinho, sala de cinema 7D, minifazenda de cacau e uma parte temática de dinossauros com um teleférico no formato de um deles. Fica na estrada Gramado/Canela e fomos com bastante calma, chegando pela manhã e saindo à tarde cansados. Não recomendaria fazer outro parque depois, mas se tiverem pouco tempo na cidade (menos de 5 dias), é possível agilizar um e fazer Aldeia do Papai Noel com Florybal no mesmo dia, já que um fica bem perto do outro.

Mundo a Vapor: Fechamos um transfer do hotel e voltamos outro dia a Canela para conhecer a cidade e suas inúmeras atrações. Começamos pelo Mundo a Vapor, onde, logo na entrada vimos a réplica do trem da Gare de Montparnasse que descarrilhou e atravessou parede a dentro. Através de uma visita guiada e super bem explicada, lá dentro vimos máquinas a vapor em tamanho real e miniatura, fábricas de várias matérias primas com demonstrações super interessantes. Os meninos eram menores mas ficaram encantados com a fábrica de siderurgia a vapor.

Alpen Park: Já que estávamos em Canela, do Mundo a Vapor fomos para o Alpen Park, que é bem simples mas com bastante emoção, com atrações como tirolesa, montanha russa, rapel e escalada. Lá, paga-se por brinquedo. Assim, fica mais fácil de escolher apenas aqueles que se quer ir. O passeio de trenó é o ponto alto do parque, pois lembra um carrinho de rolimã descendo lá de cima. Lembrando que só é permitido para crianças a partir  de 0,90 cm acompanhadas de um adulto. Ficamos bastante tempo no Alpen Kids, já que tinha brinquedos bastante apropriados para eles.

Parque da Serra: Como no Alpen Park, nós só ficamos na área que tinha atrações para crianças. Saímos de lá e fomos direto para a Parque do Caracol para andar nos bondinhos do Parque da Serra, que levam ao melhor ponto para ver a cascata do Caracol. Em Canela, jantamos no Toca da Bruxa.

Mundo Gelado: É uma caverna de gelo em que se pode transitar tendo aquela sensação de Polo Norte. Não fomos porque fiquei com medo da temperatura de -10 graus, mesmo que sejam emprestadas roupas para as crianças. Dizem, porém, que para quem estiver por Canela, vale a pena conhecer.

>> Deu vontade de conhecer esse destino juntinho com a família? A Nath e a Travel Place preparam um roteiro na medida certa para vocês fazerem a viagem dos sonhos!



Comentários