Taormina, um paraíso na Sicília!

Não há como não pensar na região da Sicília sem Taormina, sua personagem principal: uma cidade incrível, que já inspirou vários artistas, poetas, pintores, escritores, e já foi palco para várias locações de filmes.

Conhecida como a pérola do mar Jônico, para mim pode ser considerada mais um diamante do que qualquer outra coisa. Um must go para quem visita a Sicília. Vem comigo para mais essa viagem incrível em família por um dos lugares mais encantadores da Itália!

Conhecendo Taormina

Taormina é bem antiga: sua história começa lá no século IV a.c., quando os gregos sobreviveram a um massacre e resolveram ficar por lá. De tão linda, já foi disputada e dominada pelos Romanos, Bizantinos e Normandos.

Parte desta história você poderá encontrar nos seus inúmeros monumentos, igrejas e palácios com influências gregas, romanas e árabes como resultado de todos os invasores que passaram por esta região durante os séculos.

Situada sobre uma falésia com toda uma vista para o mar, Taormina é cheia de estradinhas e ruas estreitas que fazem parte do seu charme local. Seus pequenos restaurantes, que muitas vezes avançam sobre a calçada ainda dão mais bossa à região.

A cidade deve ter no máximo 10 mil habitantes. Mesmo no auge do verão, não se vê fila e “muvucada” (exceto para tomar um gelato!) e tem todo aquele clima pitoresco de cidade do interior. Dependendo dos dias que você for ficar, os moradores locais podem até te chamar pelo nome de tão intimista que a cidade se torna!

Aliás, ao contrário do que sempre achei sobre os italianos, a amabilidade e solicitude dos sicilianos comprovou que minha tese sobre serem mais rudes estava errada.

A paisagem em Taormina

Taormina abrange uma quantidade avassaladora de interesses, já que reúne praias maravilhosas, história de séculos passados com seu teatro antigo, e uma geografia rara, já que até vulcão tem. Entre o mar e o vulcão, posso te dizer com segurança: “Bem-vindo, você chegou ao paraíso!”

Ali, tivemos vontade de correr, de cantar, de criar e imaginar histórias. Cada cantinho, cada praça, cada canto é charmoso demais! A rua principal, Corso Umberto, é animada e respira uma atmosfera única, sem clima de ostentação. De Villa Comunale a Isola Bella, tudo é perfeito nos mínimos detalhes.

DICA DA MAMÃE VIAJANTE

Recomendo pelo menos 3 dias em Taormina. Muita gente sugere 1 a 2 dias, mas na minha opinião ela é linda demais e merece um pouco mais de tempo para ser desfrutada – nem que seja para tomar alguns gelatos a mais com a garotada!

Nós ficamos em um hotel na praia, mas se você vai ficar pouco tempo ou quer apenas fazer um bate volta de algum lugar, sugiro estacionar seu carro e caminhar, já que a cidade é pequena e pode-se fazer tudo a pé. Você sempre terá uma vista linda seja qual for o ângulo, já que temos o mar cristalino de um lado e o vulcão de outro.

Quando ir em Taormina

A Sicília é famosa por ser um destino que dá para ir o ano todo. Aliás, este é um dos poucos lugares de praia que se consegue visitar no inverno. Isso se explica pelo fato de o clima ter verões quentes e secos e invernos suaves e úmidos. De outubro a janeiro, é a época de chuvas. No cume do Etna, pode até nevar de dezembro a abril.

Quando pesquisei nos sites, sempre se recomendava abril, maio, junho e setembro como os melhores meses para ir.

Os meses mais quentes, como julho e agosto, tem que ter mais paciência porque são os mais cheios também. Chegamos lá na segunda quinzena de julho e estava bem cheio – mas nada que prejudicasse nossa programação. Portanto acho tranquilo de ir nessa época.

Em agosto, é período de férias na Itália toda, portanto não recomendo ir com as Kids. Fica abarrotado de gente, principalmente nas semanas que antecedem o Ferragosto.

Como chegar a Taormina

Taormina fica na parte oriental da Sicília e está bem conectada ao resto da ilha. Nós cruzamos a Sicília de carro, começando por Palermo, indo a San Vito del Capo e dirigindo por 6 horas até chegar a Taormina.

Achamos a estrada ótima e uma boa forma de rodar a região. Mas sinceramente, quase não usei carro lá, até por que lá são poucos lugares para estacionar visto que eles não podem circular nas ruas estreitas de pedestres.

Meu hotel , La Plage Resort, era na praia e, à noite, subíamos para a cidade de teleférico, que liga a parte baixa, na praia, à cidade alta.

DICA DA MAMÃE VIAJANTE

Aconselho reservar um hotel em Taormina que tenha estacionamento, principalmente se for alta temporada. Existem 4 estacionamentos pagos no centro da cidade (Lumbi, Porta Catania e Porta Pasquale) e um na parte baixa da cidade, Mazzarò, em frente a Ilha de Isola Bella, mas esse é bem pequeno.

Na hora de ir embora, fomos de avião. A cidade mais perto para quem quer voltar voando é Catania, que fica a mais ou menos 1 hora de lá.

Outra opção também é o trem, que fica a mais ou menos 2,5 km da cidade na estação de “Taormina-Giardini.” A linha que passa por ali é Messina/Catania e, de lá, se pode pegar um ônibus ou um táxi até chegar nos hotéis.

Dicas de hospital em Taormina

Caso seja necessário, os hospitais na região que recomendo são o Hospedale Taormina (Via Crocefisso, 12, 98039) e o Hospital San Vincent

>> Deu vontade de conhecer esse destino juntinho com a família? A Nath e a Travel Place preparam um roteiro na medida certa para vocês fazerem a viagem dos sonhos!



Comentários