Passeios Foz do Iguaçu (além das Cataratas!)

As atrações imperdíveis que você não pode deixar de visitar!

Como falei no primeiro post desta série, Foz do Iguaçu foi uma feliz surpresa tanto para mim quanto para meus meninos. As atrações são inúmeras e vão de parques até usinas, mas o que ainda é mais legal é que várias delas podem ser  combinadas para fazer juntas em um único dia. Ou seja: se o seu foco está em fazer vários passeios Foz do Iguaçu não vai te decepcionar!

Passeios Foz do Iguaçu

As principais são o Parque das Aves, o Vale dos Dinossauros, as Cataratas do Iguaçu e a Usina de Itaipu. Mas, caso você tenha mais tempo, recomendo também o passeio a Puerto Iguazu, na Argentina, e Ciudad del Este, no Paraguai.

A seguir, você confere todos os detalhes sobre os passeios imperdíveis que fizemos em Foz do Iguaçu:

Passeios Foz do Iguaçu

Cataratas do IguaçuNós ficamos hospedados no Hotel Belmond, que é dentro do parque. Por isso,  assim que chegamos esse foi o nosso primeiro programa: bastou sairmos do hotel e darmos 3 passos para nos depararmos com o maravilhoso espetáculo das quedas d’água.

Passeios Foz do Iguaçu

Nas cataratas, existe a possibilidade de pegar um elevador e descer até as quedas, o que é geralmente indicado para pessoas idosas e para quem tem bebê pequeno.  Mas é claro que existe a opção de ir andando pela mata, que é bem tranquilo e também mais interessante, já que a paisagem é de tirar o fôlego de qualquer um!

Quanto mais perto você estiver das cataratas, maior é a chance de se molhar e fazer aquela farra! Aliás, o objetivo  de muitos, principalmente das crianças no verão, é chegar na passarela e ficar literalmente encharcado.

O Parque é lotado de quatis, e por toda sua extensão você encontra placas pedindo para não alimentar os bichinhos Essa é uma medida de segurança inclusive, já que os animais podem ficar agressivos na busca por comida.

Passeios Foz do Iguaçu

A melhor forma de chegar  é pegando o ônibus que deixa em frente ao caminho que dá acesso as cataratas; não é permitida a entrada de carros no parque, ou seja, quem for de carro só  pode estacionar do lado de fora.

A entrada para o parque fica no Km 18 da BR-469. Nesse dia, almoçamos no Porto Das Canoas, o único restaurante dentro do parque, e depois seguimos para o Parque das Aves.

DICA DA MÃE VIAJANTE:

Se for visitar o parque durante o verão, escolha os horários mais cedo ou no final de tarde, já que fica bem quente ao longo dia. Se tiver criança pequena, leve carrinho!

Parque das AvesFica logo na entrada do parque e dá a impressão de ser um zoológico de aves, mas é ainda melhor: nele, há várias gaiolas enormes onde se pode entrar. As aves ficam por ali, soltas bem pertinho, sobrevoando e fazendo vários voos rasantes para alegria das kids.

Muitos dos pássaros ali estão foram resgatados, e o trabalho que fazem  de reabilitação e preservação de várias espécies é fenomenal. É uma oportunidade única de ter um contato único com um mundo de diversas cores, pois, além das aves, também tem jacaré, peixes e cobras.

Passeios Foz do Iguaçu

Tem uma atração nesse parque que não fizemos, já que era feriado e estava lotado. É o Backstage Experience, onde os visitantes podem conhecer os bastidores do parque entrando em áreas privilegiadas e alimentando vários animais. Tem uma duração de 1h30.

Trilha do Poço Preto: Para quem tiver  alguns dias a mais, recomendo a Trilha do Poço Preto, um programa para quem gosta de aventura. É um safári ecológico no meio da mata que nos leva até um barco a motor e depois navega pelo Rio Iguaçu. Para chegar até lá, pode-se fazer um trekking ou ir de bicicleta por 9 km. Também dá para ir de carreta, e ao chegar lá, tem mais opções de atividades, como caiaque ou snorkeling.

Usina Hidrelétrica de Itaipu: No dia seguinte, fomos à Usina de Itaipu. Fiquei na dúvida se levava as crianças ou não, mas descobri que se trata de uma verdadeira aula de história e geografia para os pequenos com mais de 8 anos. Afinal, o que esperar de uma visita à maior geradora de energia do mundo?

Ela fica localizada na fronteira entre o Brasil e o Paraguai. Durante o passeio, assistimos a um vídeo que conta como e quando ela foi construída. Depois, seguimos com o guia em um ônibus panorâmico.

Passeios Foz do Iguaçu

O passeio completo dentro da usina também pode ser feito, mas crianças não entram. Almoçamos no restaurante Porto Kattamaran, que tem uma vista linda.

Vale dos Dinossauros: Outro programa muito legal que eles amaram também foi o Vale dos Dinossauros, um parque com várias réplicas de dinossauro que fazem ruídos e se mexem. É um parque pequeno, mas meus meninos que estão nessa fase curtiram. Ao lado dele tem o Museu da Cera, onde bonecos perfeitamente esculpidos de vários personagens fazem a alegria de toda a família. Ao lado dos dinossauros, fica o Dreamland com as réplicas de personagens do mundo todo.

Passeios Foz do Iguaçu

Parque  Nacional Iguazu: Cruzamos a fronteira e fomos em busca de outra visão das Cataratas na Argentina – do território hermano, a vista é de cima, enquanto no lado brasileiro vista é de frente. Fica na cidade de Puerto Iguazú, onde conseguimos comprar também vários produtos típicos como doce de leite e Alfajor.

O ponto alto desse parque é a Garganta do Diabo, onde pegamos o trem até o início da trilha e caminhamos mais 1 km sobre o Rio Iguaçu até chegar em um mirante maravilhoso.

Nesse parque, também é possível fazer a versão argentina do Macuco Safari, que é mais radical. O passeio de volta dessa aventura é deslumbrante!

DICA DA MÃE VIAJANTE:

Para todos os passeios que atravessam a fronteira é necessário levar documento com foto como RG ou passaporte.

Macuco SafariEsse é o passeio mais famoso da Foz do Iguaçu. Embarcamos em uma jornada vivida em alta adrenalina, uma espécie de montanha russa em um bote inflável, que tem saídas a cada 15 minutos. 

Passeios Foz do Iguaçu

Pegamos um bote para ir bem perto das quedas d’água, quase debaixo delas. Como estava com meu menor de 1 ano, fiz esse passeio no modo menos radical, ou seja, não passando pelas quedas, sem se molhar muito e sem o barulho estrondoso das águas batendo forte (o que muita vezes assusta!), mas o ângulo e a visão são os mesmos. O que muda é que não tem tanta emoção.

O Pedro foi com os gêmeos na opção normal, a maior adrenalina. Como molha muito, recomendo fazer esse passeio em dias mais calorentos e de sol. Ah, e sempre levar roupa seca, que podem ser guardadas nos lockers, para colocar depois e não precisar voltar no hotel.

Passeios Foz do Iguaçu

O passeio dura quase 2 horas, já que para chegar no local de onde saem os botes pegamos uma espécie de caminhão aberto, e onde um guia vai explicando toda a história  das cataratas. No caminho, vimos vários bichos, ou seja, um verdadeiro zoológico a céu aberto! As crianças piraram.

Acho que é um passeio que vale para crianças acima de 5 anos para que curtam mais e possam tomar esse banho de cachoeira. Sem sombra de dúvida, foi um dos pontos altos da viagem!

Passeio de helicópteroOutro passeio que recomendo para quem tiver um budget maior mas não fizemos é o de helicóptero, para ter uma visão geral vista de cima. A empresa que faz esse passeio está localizada em frente ao parque das aves. Oportunidade única de fechar o passeio com chave de ouro!

Passeios Foz do Iguaçu

Ufa! Se você pensava que Foz do Iguaçu era um destino monótono, já deu pra ver que é muito mais do que isso. E o melhor: tem atividade para todos os gostos e idades!

Agora, que tal conhecer os melhores hotéis para ficar com a família nesse destino cheio de surpresas? Confira o post Hotéis Foz do Iguaçu: onde ficar com a família e tome nota de todas as dicas!



Comentários